Nov 6 2013

Magro Com Pernas Grossas

Maven

Um leitor me perguntou: O que faço? Sou magro, mas minhas coxas e batatas da perna são grossas.

Ter pernas grossas não é um problema. Assim como ter pernas finas também não. Tudo depende de como você encara o seu corpo.

E este leitor não é uma minoria. Muitos já me fizeram essa questão e também não é raro encontrar alguém assim. Esta é a herança de um país movido à futebol. Tem muito cara que é magro, mas tem pernas grossas porque cresceram jogando uma bolitcha.

O leitor em questão é magro, tem pernocas de turbina de Boeing 777, e disse que calça skinny fica parecendo legging para ele.

É claro né minha gente? E com um bom motivo: calça skinny foi feita para pessoas com pernas finas mesmo. Não tem como. É uma calça de molde mais colado e não fica bem em perna grossa. A melhor alternativa, para este caso, é usar uma calça afunilada, ou de corte reto, que também pega bem para magrinhos, mesmo para aqueles com pernas mais carnudas.

Outra opção é ir para a irmã mais tímida da calça skinny: a calça slim fit. Praticamente todas as lojas têm este modelo, porque ele está em alta.

A calça slim fit não é larga, mas também não chega a ser tão colada como a skinny, como a foto abaixo deixa transparecer. Ela é ideal para quem é magro, pero no mucho, como o caso do leitor.

Agora, se você faz questão mesmo de usar skinny, opte pelas mais escuras, que afinam a perna. E seja feliz!


Oct 15 2012

Cabelindo!

Maven

Vocês vivem perguntando e eu já escrevi sobre isto antes. Mas vamos lá, porque nunca é demais aconselhar vocês, meus filhotinhos de esqueleto desnutridos.

O corte de cabelo não depende do seu índice de gordura corporal, ele depende da sua estrutura facial, do seu tipo de cabelo, da quantidade, volume e até clima da região onde você mora.

Vamos aos fatos. Em se tratando de cabelo, saiba que existem dois tipos de profissionais para cortar o seu cabelo: aqueles que sabem cortar e aqueles que não estão nem aí para você.

Assim como tudo na vida, se você quer qualidade, você tem que desembolsar um pouco mais por isso. Você não está pagando o corte em si, mas o retorno de um profissional que faz cursos, que fica ligado nas tendências, que investe em aprimoramento, bons materiais e se recicla. Isto significa que ele está apto a olhar para você e saber que corte fica bom ou não, sim, que você pode virar para ele e perguntar: qual é a sua opinião, o que você me aconselha a fazer com meu cabelo? Ele vai saber. Acredite.

Mantenha em mente:

  • Sua idade. Não tente usar um corte de cabelo teen se você já é tiozeen.
  • Rostos finos e longos, para evitar parecerem mais alongados ainda, devem evitar cortes compridos e retos.
  • Se você é alto e magricento – e detesta isso – não deve raspar o cabelo estilo militar, nem usá-lo muito curto. Porque? Porque o cabelo curto dá impressão de menos volume e te deixa mais magro.
  • Cortes médios são uma boa pedida, e podem ser feitos em praticamente todo tipo de fio. Procure confiar no que seu cabeleireiro vai dizer e não tenha medo de ousar sair do comum. O máximo que pode acontecer é você não curtir o resultado, aí você pode pedir para ele arrumar o corte e deixá-lo mais curto.
  • Cabelos com volume são legais, e cabelos com cachos ficam muito bons para o cara que é magro. Abuse de cortes que favoreçam isto se você teve a sorte de ter belos cachos!
  • Cabelos crespos são bem difíceis de sair do comum. Antigamente a maioria dos homens optava por manter a cabeça raspada ou com corte bem rente. Hoje em dia existem salões (e não to falando de poucos não, estou falando de vários, já que os cabelos crespos são predominantes no Brasil) que são especializados em cabelos afro e podem dar um up no seu visual com muita facilidade.
  • Se o seu cabelo não tem volume, você pode brincar com produtos que vão encorpá-lo, como mousse e pomadas, e deixar o corte bagunçado.
  • Se você além de magro é narigudo, você pode disfarçar isso com um corte de cabelo de mais volume e franja sobre a testa.

O mais importante em relação ao cabelo é lembrar que ele é um acessório. Ele pode ser mudado, moldado, escovado, alisado, pintado.

Enfim, se você não curte o resultado, é só esperar ele crescer de volta. Não perca tempo – nem os cabelos – se preocupando muito com isto.


Oct 5 2012

Não seja pego de calças curtas!

Maven

Bando de gente carente! Voltei com um post para quem é um poste! Sim, você, magro e alto, que sofre na hora de comprar calça, que não se decide por nada nunca e acaba sempre fazendo merda na hora de adquirir seus jeans, não chore, minha inacabável, inesgotável e inexorável sabedoria está à sua disposição. Vou te ensinar duas coisas neste post.

Primeiro, o significado de inexorável, porque eu sei que você não tem minha cultura e não sabe o que esta palavra significa. Inexorável é algo que não se dobra, não se molda, não se muda.

A segunda coisa que vou ensinar é como usar a ESTAÇÃO em seu favor. Estamos entrando na primavera. O que a primavera lembra? Se você respondeu flores, você está desviando do assunto, que é CALÇA, como disse desde o início. Pois bem, na primavera não estamos com todo aquele frio do inverno e também não estamos desesperados querendo ficar pelado de tanto calor.

É uma meia-estação.

Oi Primavera, sua linda!

E meia-estação é bacana porque você ainda consegue usar calça. Para o magro não tem nada mais desesperador do que ficar com os cambitos de fora. Talvez seja porque nasceram só os ossos da perna e o resto da carne simplesmente se esqueceu de aparecer. Bem, saiba que dá para disfarçar isso. Existem lavagens bem favoráveis ao magro. Eu já expliquei o que é uma lavagem numa calça. Esqueceu? Leia aqui!

Repare que se você é alto e magro, usar uma calça sem lavagem, de tom maciço, pode te alongar e te afinar ainda mais. Um efeito que nem todos os magros curtem. Vamos lá. Observe estas fotos.

O modelo da calça é slim, mais ajustado ao corpo, o que eu já disse várias vezes, é ótimo para o magro, porque não fica parecendo que sua calça é um saco vazio com tecido sobrando. Mas agora exerça um olhar um pouco mais aguçado e repare na lavagem da calça. Os tons mais claros da frente dão volume à perna, e estão localizados na parte central da calça.

O que isto faz por você? Este tom mais claro no meio faz uma “quebra” visual da sua altura e vai dar a impressão de que sua perna não é uma coisa longa e interminável. Agora veja a parte de trás da calça. A lavagem está mais clara na parte superior de onde sua batata da perna se encontra com a articulação. Ah, que efeito misericordioso para quem não tem batatas das pernas! E agora repare na parte da bunda e do início da coxa. Deu uma enganada e uma preenchida. Se você gosta de ter a bunda preenchida, veio para o lugar certo! Rá!

Enfim, e o que a meia-estação tem com isso? Tem que você consegue usar peças de inverno junto com roupas de verão, e isso é fantástico para o magro, que consegue adicionar volume e camadas. Fique de olho que logo tenho mais dicas geniais para você, pois como disse no post anterior, afirmo novamente: eu sou um gênio!


Sep 25 2012

Sou um gênio!

Maven

Descobri porque todos gostam de magros!


Feb 15 2012

Voltarei em breve

Maven

Meus caros magricentos, sei que vocês estão sentindo falta das minhas palavras iluminadas. São milhões de e-mails e mensagens e até algumas ameaças de morte. Mas estou em processo de mudança de casa e a internet está cancelada, o tempo anda curto, e o meu trampo está ocupando muito do meu tempo.

Voltarei a postar assim que eu me mudar, desencaixotar o meu pc e tiver conexão à internet. Creio que em março todos vocês terão o prazer de succionar meu blog novamente. Até lá, fiquem com meu twitter que é mais fácil de atualizar com bobagens via mobile: @tipomagro


Sep 26 2011

Legging Masculina, a Megging.

Maven

Esse assunto é velho, elas estão presentes e cada vez mais freqüentes nos desfiles desde 2005. É, faz um bom tempo que elas estão tentando “pegar”, mas não conseguiram emplacar pelas ruas e seu uso fica restrito às passarelas ou em alguns circuitos bem “alternativos”. Por isso nunca falei delas, elas não são para qualquer um. Pode se dizer que a legging masculina é a irmã mais nova e ousada da calça skinny. Bem ousada. Mas ao contrário da calça skinny, que tem uma estruturação de calça, com tecidos stretch ou não, mas mais encorpados, a legging masculina se assemelha mais à uma meia-calça do que uma calça propriamente dita, e - não tem como não ser – é beeeeem apertada e revela toda a anatomia masculina.

Por isso o post de hoje não é de dica, porque se uma pessoa quiser usar uma peça dessa provavelmente ela não está nem aí para o que os outros pensam, não se importa em apanhar na rua e não precisa de dica nenhuma. O post de hoje é uma pesquisa.

Quero saber de vocês leitores, vocês usariam a Megging?


Sep 23 2011

Um peso, duas medidas.

Maven

Ok, pensando nos dois extremos, ser magro não é tããããão ruim assim. Melhor estar devendo alguns quilos do que estar com sobrepeso. Mesmo assim, tem casos em que a magreza continua a incomodar. Só que parece incomodar muito mais os outros do que o próprio magricelo. Ou é mãe falando que você precisa engordar, ou é parente que cada vez que te vê pergunta se você emagreceu mais ainda, ou é gente do colégio, faculdade, trabalho, todos fazendo piadas ou comentários infelizes sobre sua magreza.


Que não é fácil achar roupas adequadas ao nosso biotipo, isso é um fato. Principalmente se você não mora em grandes centros urbanos, onde a moda costuma ser mais de acordo com vários gostos. Mas do que adianta ter uma indústria adequada à vários gostos se ela não produz a roupa em vários tamanhos? Existe loja especializada para gordos, mas não existe loja especializada para magros. E o resultado é o mesmo sempre, OU você compra roupas destinadas para infantes ou se contenta em usar roupas largas. Não há nada de errado em usar roupas largas, desde que você saiba que é magro e adote o estilo magrelo feliz. E também não há nada de errado em usar roupas feitas para gente mais “jovem” desde que você seja, efetivamente, jovem. Não há nada pior do que um tiozão vestido de moleque. Idade e peso são coisas diferentes.


Agora, saiba que não preencher uma roupa não é o fim do mundo. A gente que é magro pode nunca saber como é a sensação de ter uma batata da perna carnuda, mas em compensação praticamente tudo cai bem em corpos como o nosso, desde que respeitado o seu limite de bom senso.


Sei que sempre falo aqui para não deixar sobrar muito tecido para não dar a impressão de que tem roupa demais para pouco corpo, mas quando isso não é possível, porque não procurar exatamente este visual? Já que não dá para sempre achar a roupa adequada ao nosso biotipo, que tal o nosso biotipo tirar o melhor proveito da roupa que existe pelos cabides das lojas?


Então, existe uma grande diferença entre um visual despojado e um visual de linguiça mal-enchida. A idéia é criar um look “dangling”. Vamos às dicas:


  1. Não fuja da sua numeração. Comprar roupas maiores do que você para criar este visual é dar um tiro no pé, você já é magro. Se possível, mande ajustar suas roupas, mas não muito, para preservar o formato, mas não parecer perdido dentro da peça.
  2. Contrariando tudo o que eu sempre disse, escolha tecidos mais maleáveis, isso é: evite os tecidos encorpados. Neste tipo de composição, você vai parecer alguém que roubou as roupas de um defunto.
  3. Não deixe sobrar mais do que uns quatro dedos de tecido nas folgas. Qualquer coisa maior que isso e o efeito será devastador, de despojado você vai para morador de rua em um instante.
  4. Apesar da largura estar contida, o comprimento é meio livre, você pode brincar com o comprimento da camiseta, da calça, brincar com o tamanho das golas, das mangas, pode deixar a barra da calça no chão, em meia canela, o que importa é parecer que a numeração está certa mas o seu corpo é que é especial demais para estar no padrão dela.
  5. Cores estão liberadas, desde as mais berrantes até as mais conservadoras, vai do seu gosto.
  6. E novamente contrariando meus próprios conselhos: nada de camadas ou sobreposições. Neste caso o efeito vai ficar muito carregado. Se você já tá com muito tecido “solto”, colocar uma jaqueta por cima vai pesar. É muito tecido em cima de tecido.






Agora é só aproveitar. Nem sarados nem gordinhos podem alcançar este efeito. Este é um look que só pega bem na gente.